29 DE OUTUBRO | DIA MUNDIAL DE COMBATE AO AVC

Informar a população sobre as consequências de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) é de extrema importância, especialmente por se tratar de uma doença que muitas vezes pode ser prevenida ou, ao menos, interceptada de forma a provocar menos danos. Esse é o objetivo do Dia Mundial de Combate ao AVC: alertar, a cada dia 29 de outubro, sobre o risco, as formas de prevenção e tratamentos da doença, além de engajar os profissionais de saúde na orientação sobre os cuidados com a doença.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 100 mil pessoas morrem todos os anos de AVC no Brasil. 

AVCs são uma das principais causas de morte ou incapacidade, podendo levar a sequelas permanentes. É a segunda principal causa de morte entre pessoas acima dos 60 anos de idade, mas pode acontecer em todas as fases da vida e independe de gênero.

O tratamento por uma equipe multiprofissional procura compensar o comprometimento de funções motoras, sensoriais, perceptivas e cognitivo-comportamentais. O fonoaudiólogo é um profissional importantíssimo na equipe de cuidados com o paciente de AVC, atuando na avaliação e reabilitação, desde a hospitalização dando continuidade após a alta hospitalar.

A intervenção fonoaudiológica visa a reabilitação das alterações de fala, voz, deglutição, mímica facial, aspectos cognitivos e reconstrução da linguagem, com utilização de estratégias compensatórias, reorganização das habilidades comunicativas presentes, facilitando a socialização e a reinserção ocupacional, fortalecendo assim, a autoconfiança da pessoa que sofreu um AVC. 

Ao lado do profissional fonoaudiólogo, a família e o cuidador tornam-se fundamentais na reabilitação e estimulação diária.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp