O Conselho Federal de Fonoaudiologia emitiu, na última quinta-feira (23), nova recomendação sobre a prorrogação do uso da telefonoaudiologia enquanto durar a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2), respeitando os decretos estaduais e municipais que disciplinam o distanciamento ou isolamento social.

O fonoaudiólogo que prestar telefonoaudiologia deve garantir a equivalência aos serviços prestados presencialmente, sendo obedecido o Código de Ética da Fonoaudiologia, assim como outros dispositivos que regem as boas práticas de sua área de atuação.

O CFFa tem buscado contribuir com as entidades do governo, com os fonoaudiólogos e com a sociedade no enfrentamento desse momento crítico de pandemia mundial. O momento pede ações conjuntas para o rápido enfrentamento desta pandemia, diminuindo os danos à saúde da população e as consequências sociais e econômicas em nosso país.

Leia a Recomendação CFFa nº 20, de 23 de abril de 2020

 

 

 

One Response to “Nova recomendação prorroga o prazo de telefonoaudiologia”

  1. Joyce Duarte da Silva Guarezi, Responder

    Gostaria de saber os EPI obrigatórios necessários pRa quem atua em reabilitação/ fonoterapia. No aguardo. Obrigada

Responda