Programa de Monitoramento da Qualidade Hospitalar está com cadastro aberto até o dia 31

O Conselho Federal de Fonoaudiologia tem participado regularmente de reuniões da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a fim de manter os profissionais Fonoaudiólogos informados sobre os principais atos normativos da agência reguladora dos planos de saúde, sugerir melhorias na regulamentação da saúde suplementar e reivindicar maior inserção da Fonoaudiologia nos diversos setores que compõem a agência.

A novidade é o lançamento do Programa de Monitoramento da Qualidade Hospitalar, que tem como objetivo principal incentivar a melhoria da prestação de serviços hospitalares por meio de uma avaliação de desempenho e da qualidade por meio de indicadores, que objetivam o incentivo à excelência dos serviços no ambiente hospitalar.

A ANS está com o cadastramento aberto para hospitais que tenham interesse em participar do programa de monitoramento da qualidade até o próximo dia 31 de dezembro. Para isso, é necessário que o hospital preencha um formulário de pré-inscrição que conta com a coleta de dados dos seguintes indicadores:

– taxa de readmissão hospitalar não planejada;

– taxa de parada cardiorrespiratória em unidade de internação;

– taxa de mortalidade institucional;

– taxa de infecção de corrente sanguínea associada a cateter venoso central;

– tempo médio de internação;

– média de permanência na emergência;

– tempo de espera na emergência até o primeiro atendimento;

– evento sentinela;

– taxa de queda com dano; e

– taxa de partos vaginais para hospitais que possuem maternidade.

 Acesse o formulário clicando aqui.

Além disso, serão avaliados também indicadores relacionados às cinco linhas de cuidado que tem relações diretas com as causas de morbimortalidade hospitalar. São elas: linha de cuidado de acidente vascular cerebral, linha de cuidado de doença coronariana aguda, linha de cuidado de sepse, linha de cuidado artroplastia de quadril e linha de cuidado de câncer de mama e câncer de próstata.

Sendo assim, o Fonoaudiólogo é o profissional que integra a equipe multiprofissional e assiste pacientes no âmbito hospitalar e que pode contribuir para a melhora da qualidade da prestação de serviços hospitalares, tendo como foco principal a efetividade, eficiência e segurança nas condutas fonoaudiológicas direcionadas aos pacientes visando a satisfação final na alta hospitalar. O Conselho Federal de Fonoaudiologia convida os Fonoaudiólogos que estão inseridos no contexto hospitalar a incentivar que a sua unidade de trabalho participe deste programa.

A fonoaudiologia tem muito a contribuir para o aprimoramento das práticas assistenciais considerando a melhor conduta terapêutica a ser aplicada de acordo com cada paciente e seu quadro clínico centrando-se também nos pilares da normativa sobre segurança do paciente descrita na RDC nº36 da Anvisa que “institui ações para segurança do paciente em serviços de saúde e da outras providências”.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp